Tratamento especializado para crianças.
         Atendemos Cheque Dentista

Odontopediatria

 

A odontopediatria é o ramo da odontologia que cuida da saúde bucal das crianças e adolescentes.

A odontopediatra acredita que todo o tratamento da saúde bucal precisa começar quando a criança ainda está na barriga da mãe. Quando não há esse acompanhamento, é importante que a primeira consulta aconteça antes dos seis meses de idade da criança, para que a mãe possa receber toda orientação a tempo de colocá-la em prática.

A higiene bucal da criança deve ser uma preocupação desde muito cedo, antes mesmo do surgimento dos primeiros dentinhos. Desde o nascimento deve ser empregado o hábito de higienizar a cavidade bucal da criança. Isso é importante para evitar problemas como a cárie, por exemplo, que pode ocorrer caso essa higiene não seja realizada após a amamentação.

Quando aparecem os dentes, a lavagem dos dentes já pode ser realizada. E a partir do momento em que a capacidade motora já estiver mais desenvolvida, é hora de começar o aprendizado. Pode-se ensiná-las a escovação, de forma dinâmica e motivacional, assim se tornará algo prazeroso para elas

O fio dental, por sua vez, não pode ser deixado de lado, e por ser um pouco mais complicado deve ser realizado pelos pais até a criança ter total domínio de sua coordenação.

A limpeza dos dentes, gengiva e da língua das crianças devem ser feitas seguindo as orientações indicadas pelo médico dentista, e é importante que seja executada de maneira súptil com movimentos leves na hora da lavagem dos dentes para não machucar a cavidade bucal, que é bem sensível.

 

A lavagem dos dentes deve ser feita pelo menos duas vezes ao dia, após as principais refeições e a quantidade de creme varia conforme cada idade. Quando a criança tiver de zero a três anos, a quantidade deve ser igual a meio grão de arroz cru, de três até sete anos, um grão inteiro de arroz cru e, acima de sete anos, a quantidade deve ser como uma ervilha.

Os pequenos precisam de maior atenção e psicologia para que a visita ao médico dentista não vire uma tortura. O ambiente também deve ser atractivo, ajudando a criança a se sentir confiante e descontraída.

É importante que os pais conversem com o odontopediatra sobre qualquer experiência ruim que a criança tenha tido, para que o profissional saiba ajuda-lo a lidar com esse medo e o tratamento ocorra da melhor maneira possível.

Siga-nos

 

Oi Clinic 2018

Rua Afonso de albuquerque, 23 B -  Amadora

212 459 346 / 939 106 19