Rua Afonso de Albuquerque, 23 B, Venteira - 2700-013 Amadora

  212 459 346 / 939 106 191

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

Blog

  • Oi Clinic

Aftas: incomodam bastante!

Atualizado: Abr 26



26.04.2020

Por Dra. Janana Braga, Médica Dentista




O que é afta?


Aftas são pequenas feridas que aparecem na mucosa oral. Essas pequenas lesões normalmente são ovais, recobertas por uma membrana amarelo-acinzentadas e bem delimitadas por um halo avermelhado, bastante doloridas. Menos frequentemente, pode ser acompanhada de febre, desconforto geral ou inflamação dos gânglios do pescoço. Nestas situações, e em caso de durar mais de 2 semanas, referenciar ao médico.

Quando a lesão apresenta linhas brancas ou uma substância (tipo leitosos), que ao limpar deixa uma superfície ensanguentada, pode ser sinal de infeção de candidíase oral (“sapinhos”).


Quais são as causas?


O surgimento da afta está relacionado a muitos fatores, manifestando de maneira diferente em cada indivíduo.


Consta-se algumas causas:


. alergias;

. predisposição genética;

. anormalidades hematológicas (problemas sanguíneos);

. influências hormonais e ciclo menstrual;

. agentes infecciosos;

. alguns alimentos (alimentos ácidos, como tomate, citrinos e vinagre, e também, o chocolate, morangos, alguns queijos, amêndoas, entre outros);

. distúrbios estomacais;

. frio;

. trauma oral (mordedura acidental, escovagem agressiva e tratamento dentário (ex.: colocação de próteses dentárias);

. estresse;

. disfunção imunológica;

. ansiedade;

. deficiência em vitamina B12;

. medicamentos – como alguns anti-inflamatórios e anti-hipertensores;

. entre outros, sendo mais comum em adolescentes e adultos jovens.


Quais são os sinais e sintomas?


É comum arder e doer a parte afetada, aparecendo com frequência abaixo da língua, nas bochechas, na parte interna dos lábios, palato e gengivas, podendo ser difícil engolir alimentos condimentados, ácidos e líquidos mais cítricos ou quentes, quando as aftas aparecem em grande número. Normalmente elas cicatrizam em até 14 dias e de 4 a 10 dias nas aftas menores. Reaparecem frequentemente.


Tratamento


Normalmente, não é necessário tratar. Porém, existem alguns tratamentos que podem ser locais (aqueles que aplicamos diretamente na afta) ou sistêmicos (que são aqueles remédios que ingerimos). Os tratamentos locais são mais seguros para o paciente e têm um efeito maior. Atualmente, o tratamento se dá por meio do uso de pomadas e/ou em aerossol spray para os locais de difícil aplicação e em casos de múltiplas lesões.

Estas soluções contém substâncias anestésicas, analgésicas, anti-inflamatórias (corticóides tópicos) e anti-infecciosas.

Recomenda-se também, bochechos com antissépticos orais e a laserterapia, onde são realizadas duas sessões de aplicação do laser de baixa intensidade na finalidade de remover a dor, desinflamar e acelerar o processo de cicatrização.


Cuidados  Os alimentos ácidos, quentes e condimentados devem ser evitados, pois pioram o quadro. A rotina da higiene oral deve ser mantida e realizada suavemente, ajudando assim, a prevenir o aparecimento das aftas.

21 visualizações

Siga-nos

 

Oi Clinic 2018

Rua Afonso de albuquerque, 23 B -  Amadora

212 459 346 / 939 106 191